18 de mai de 2015

Dica 3 - Criatividade: Ter ou não ter?

Eu sempre costumo dizer as minhas alunas, que elas tem, sim, criatividade. Todos nós temos. O que é preciso,  é estimulá-la.

Precisamos disciplinar nossa mente, nossa força criativa. Lembra do que falei no post anterior? Horário prá tudo, agenda diária... Então; Vamos ter um momento destinado prá criatividade também.
É nesse momento que nos desligamos do externo e focamos em pesquisar, pensar, anotar, rabiscar, dedicando toda a nossa  atenção ao que estamos fazendo.

                                                         
Acredite! Você tem criatividade e talento.
Procure ter um lugar para consultar sempre; Pode ser um caderno, um arquivo digital, os dois, ou outro tipo. E, consulte-o diariamente. Você precisa ler, estudar, pesquisar, sempre assuntos pertinentes ao seu trabalho, ao que você produz. Todos começam copiando; Mas, uma hora tem que se criar. Parar de copiar.
Eu costumo ensinar as técnicas de patchwork as alunas e pedir que elas desenvolvam um projeto onde possam inserir a técnica ensinada. Eu coordeno e acompanho este projeto. Mas, a criação foi da aluna. Isso estimula a criatividade dela e a peça passa a ter a sua identidade.

Eu costumo dizer que peça copiada é como carimbar. No início até é válido mas, depois, você precisa encontrar o seu caminho, o seu processo criativo.Procure crescer numa escala vertical.
Ter um artesanato com estilo próprio é muito importante. Sua marca se faz conhecida.

Não tenha pressa! Aprendeu hoje, faz amanhã prá vender; Nada disso.
Treine bastante, tenha paciência, adquira prática, tenha um acabamento primoroso, perfeito.
Se capacite, faça sempre cursos, pesquise, procure livros e revistas especializadas, visite feiras.

Não fique zangada com críticas. As destrutivas, nós jogamos fora. As construtivas nós aproveitamos para nos aprimorar, melhorar e crescer.

Ao criar uma peça, pense como cliente, pense na sua funcionalidade e na praticidade . Quer um exemplo?
Vejo peças  lindas para decorar a cozinha mas, quando penso que ali, as peças estão expostas a gordura, poeira... e dependendo do material de que é feita esta peça, eu me pergunto: Quantas lavagens vai aguentar? Será que depois de lavar, esta peça  ainda vai se manter bonita? É isso.

Uma coisa importante que valoriza o seu produto é agregar valor. Vou dar alguns exemplos:
Quando você faz um patch apliquê; Está muito bem feito. Mas, quando neste trabalho você cria detalhes de bordados com outros pontos, você agregou valor.
Quando você faz uma boneca e esta é uma personagem, se você estudou detalhes do seu vestuário, do seu semblante, e colocou na boneca produzida por você, isso agregou valor.
                                                      
Esteja por dentro de tendências de mercado. Das cores da moda na estação, troque idéias e informações com outras artesãs.
Trabalhar o artesanato antenado com tendências de mercado da moda e da decoração, também agrega valor ao seu produto.
Pense nisso, busque o seu estilo.
Ficamos por aqui e até a próxima dica.
Paz, Luz e Bjks♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário